Como identificar a alergia a animais domésticos

Algumas pessoas possuem alergia a animais domésticos, como ao cachorro, coelho ou gato e, isso ocorre porque os animais também descamam a sua pele e os resíduos que não conseguimos ver a olho nu são inalados, causando sintomas como espirros constantes, tosse seca e coceira no nariz e olhos e na pele.

Quando existe alergia aos animais pode ser necessário fazer um tratamento com o uso de anti-histaminios indicados pelo médico, porém a melhor forma de evitar uma crise é não estar diretamente com os animais ou com os seus objetos e também não tê-los dentro de casa.

No entanto, existem algumas raças de cachorros que não causam alergia e estes são os mais indicados para estar próximo de pessoas que tem alergia e crianças.

Sinais que podem indicar alergia aos animais

O contato com animais que causam alergia causam sintomas como:

  • Dificuldade para respirar, com falta de ar e ruídos ao respirar;
  • Tosse forte, seca e constante;
  • Garganta seca e coceira;
  • Nariz pingando e coçando;
  • Olhos lacrimejando e vermelhidão;
  • Bolinhas na na pele e coceira intensa nas mãos com pele áspera;
  • Espirros constantes;

Pessoas que possuem asma podem entrar em crise apresentando intensa dificuldade para respirar.

Estes sintomas correspondem a uma alergia respiratória e de contacto e deve ser tratada como tal.

Tratamento para crise alérgica

O tratamento para crise alérgica a pelo de cachorro deve ser feito evitando o seu contacto e tomando anti-histamínicos, corticoides e quando a pessoa tem asma normalmente é preciso usar a bombinha da asma. O uso dos remédios só deve ser feito após confirmação da suspeita de alergia e sempre por indicação médica.

Joana Roane
Joana Roane é editora e adora falar sobre saúde e bem estar.

Get in Touch

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Related Articles

Quarentenas funcionam para combater o coronavírus? Veja o que dizem os estudos

Quarentenas são adotadas pelo menos desde o século 14 como forma de evitar o espalhamento de doenças infecciosas.

Falta de olfato, AVC, epilepsia: novos sintomas ligados à covid-19

A elevada prevalência de sintomas neurológicos em pacientes acometidos pelo coronavírus na China levou pesquisadores da USP e da Universidade da Região...

Bahia tem 709 novos casos e passa de 18,3 mil registros de Covid-19

A Bahia registrou 766 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de...

Get in Touch

19,749FansLike
2,190FollowersFollow
14,000SubscribersSubscribe

Latest Posts

Quarentenas funcionam para combater o coronavírus? Veja o que dizem os estudos

Quarentenas são adotadas pelo menos desde o século 14 como forma de evitar o espalhamento de doenças infecciosas.

Falta de olfato, AVC, epilepsia: novos sintomas ligados à covid-19

A elevada prevalência de sintomas neurológicos em pacientes acometidos pelo coronavírus na China levou pesquisadores da USP e da Universidade da Região...

Bahia tem 709 novos casos e passa de 18,3 mil registros de Covid-19

A Bahia registrou 766 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de...

Com 824 óbitos em 24h, Brasil fica perto dos 15 mil mortos por coronavírus

O Brasil é o sexto país em óbitos pelo vírus: até esta sexta-feira contabilizava 14.917 mortos, com mais 824 óbitos confirmados nas...

Vacina para Covid ainda nem saiu e já causa disputa entre países

França critica empresa farmacêutica que afirmou que vai priorizar distribuição nos EUA, e na Alemanha. Grupos antivacina já se mobilizam contra a prevenção.