Connect with us

Hi, what are you looking for?

Fitness

Como emagrecer as pernas

Close-up of a woman's legs

Para definir a musculatura de coxas e pernas deve-se investir em exercícios que exijam muito esforço de membros inferiores, como, por exemplo, corrida, caminhada, andar de bicicleta, spinning ou andar de patins. Esse tipo de exercício irá aumentar o gasto calórico corporal e irá utilizar uma boa quantidade de gordura acumulada nestas regiões.

O lema reduza gordura e aumente músculo deve ser seguido diariamente, assim evita-se a flacidez, aumenta-se o bumbum e define-se melhor os quadris e pernas.

Mas, para garantir que a gordura das pernas e glúteos seja “queimada”, é muito importante não consumir gorduras na alimentação, adotando uma dieta hipocalórica. Dietas muito restritivas podem gerar ansiedade e não resultar, portanto, o ideal é ir alterando sua dieta aos poucos.

Fazer exercícios de musculação utilizando os membros inferiores também é importante, pois garante o aumento da massa muscular, evitando a flacidez e, consequentemente, diminui a aparência da celulite. Uma boa dica é fazer um exercício aeróbico, como esteira ou bicicleta, em um dia, e os exercícios de musculação no outro.

Exercícios para pernas

Os seguintes exercícios ajudam a trabalhar os músculos das coxas e dos glúteos, sendo excelentes para queimar a gordura localizadas nestas regiões. Eles podem ser realizados 3 vezes por semana com 3 séries de 12 repetições por exercício:

Deitada de lado, eleve uma das pernas até a altura da cabeça, mantendo os joelhos bem esticados e a ponta do pé voltada para frente. A seguir desça a perna até tocar no chão e então eleve outra vez.

Deitada de barriga para cima apoie o peso do corpo nos cotovelos como mostra a imagem e eleve um pouco as duas pernas, fazendo um movimento contínuo, trazendo uma perna de cada vez para perto do seu rosto. Se puder use caneleiras nos tornozelos para aumentar a resistência do exercício.

Deitada de barriga para cima eleve o quadril como mostra a imagem, até a altura máxima que conseguir, mantendo os glúteos bem contraídos. Mantenha cada elevação por 10 segundos e depois desça o quadril até tocar o chão. Descanse 3 segundos e eleve o quadril novamente.

2 Comments

2 Comments

  1. Liane Mcfaul

    7 de dezembro de 2017 at 8:04 pm

    De fato, o melhor conteúdo que vi sobre esse assunto até o momento. Meus parabéns! O texto saiu ótimo. Depois visite o meu blog. Abraço!

  2. Joel Isebrand

    8 de dezembro de 2017 at 6:25 am

    De fato, o melhor texto que vi sobre esse nicho até o momento. Meus parabéns! O artigo saiu ótimo. Depois visite o meu curso. Abraço!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Vídeos

Dor nos mamilos (bicos dos seios) podem ter várias causas, normalmente associadas a um aumento dos hormônios estrogênio e progesterona circulantes, ou a alterações...

Saúde

O que são os crescimentos gengivais que podem ocorrer no paciente ortodôntico? São lesões na gengiva que se desenvolvem graças ao estímulo crônico, na...

Nutrição

O sushi se tornou um alimento tão comum quanto o tradicional feijão e arroz no prato do brasileiro de classe média. Com a popularidade...

Saúde

Para fazer o bebê dormir a noite toda é preciso ter alguns cuidados, como: Colocar o bebê para dormir assim que bocejar, pois significa...