Quando o assunto é a pele do bebê, todo cuidado é pouco, já que ela é mais sensível e propensa a ressecamento e irritações do que a dos adultos. Afinal, ninguém quer que aquela dobrinha que passou despercebida asse e cause um desconforto enorme no pequeno, né?

Para evitar esse e outros tipos de problemas, alguns cuidados são essenciais. Confira algumas dicas para manter a pele do seu bebê sempre hidratada e protegida.

Cuidados com a pele do bebê

1. Atenção às dobrinhas
Na hora de prevenir o pequeno das assaduras, é comum que as mães se preocupem muito com o bumbum e as dobrinhas da virilha. Porém, vale lembrar que as dobrinhas em outras partes do corpo, como braços e barriga, também podem assar e incomodar muito o seu bebê.

Nesses casos, para prevenir ou tratar as assaduras, o recomendado é que a mãe faça a troca de fralda ainda com mais frequência, além de nunca se esquecer de secar bem e aplicar o creme preventivo de assaduras em todas as dobrinhas do corpo do bebê.

2. Use produtos específicos para bebês

A pele do bebê é mais sensível e, consequentemente, mais vulnerável a alergias, irritações e mudanças de clima, por isso, usar produtos específicos para a pele do pequeno faz toda a diferença. Os produtos próprios para bebês são dermatologicamente testados, feitos de acordo com o pH da criança, que é mais ácido, e possuem os componentes adequados para ajudar a pele do seu filho a manter a umidade e ficar sempre saudável. No caso de recém-nascidos, que ainda possuem a pele bem sensível, é aconselhável optar por produtos neutros e sem perfume.

3. Controle o tempo do banho

Por mais que alguns bebês adorem ficar na água, não é aconselhável deixar o recém-nascido no banho por muito tempo, já que o excesso e a temperatura da água podem fazer com que a pele do pequeno resseque.

O ideal é que a temperatura do banho esteja entre os 37°C e que ele dure em torno 5 minutos para bebês com menos de um ano em um local livre de correntes de ar.

4. Hidrate em dobro

A pele do bebê, além de perder a umidade com mais facilidade, é naturalmente mais fina e sensível e, por isso, precisa de muita hidratação para evitar ressecamentos, descamação, rachaduras ou até possíveis inflamações.

Apesar do receio de muitas mães, o ideal é aplicar um hidratante corporal especifico para bebês em todo o corpo do pequeno, logo após o banho, massageando de forma bem suave.

5. Seque suavemente

A hora de secar o bebê também precisa de cuidados. Assim que o bebê sair da água, o correto é envolvê-lo imediatamente por uma toalha seca de algodão e secá-lo no banheiro mesmo, para evitar que ele pegue qualquer golpe de ar. Para evitar irritações, jamais esfregue o corpo do pequeno ou pressione a toalha com força.

Nesses casos, a melhor maneira é secá-lo com leves toques e vesti-lo rapidamente para evitar que ele perca a temperatura.

6. Proteja-o do sol

Evite expor o bebê à luz direta do sol, pois a pele da criança é mais sensível e pode sofrer queimaduras com mais facilidade. Ao sair ao ar livre, para bebês acima de seis meses, lembre-se de aplicar um protetor solar especifico para crianças.

Caso contrário, aposte em roupas com FPS e tenha sempre um chapéu para proteger a cabeça do pequeno. Além disso, é importante tentar fugir do sol entre às 10h e 16h horas, que é quando os raios solares estão mais intensos.

DEIXE UMA RESPOSTA