Em momentos de stress, tristeza, insônia e cansaço, não adianta vir com fruta ou saladinha. Você só pensa em comer chocolate ou qualquer outra opção que combine gordura com carboidrato refinado. “São alimentos que estimulam o cérebro a liberar dopamina, neurotransmissor relacionado à sensação de bem-estar”, afirma a nutricionista Laís Murta, de São Paulo.

Mas é um prazer passageiro e, por isso, faz com que você corra o risco de entrar num círculo vicioso que leva a ganho de peso e desequilíbrio hormonal. Fechar a boca também não é o caso, já que a própria comida (mais levinha, claro) pode contribuir para virar esse jogo. Então saiba o que comer quando…

Bate o cansaço

Se a bateria está fraca – você já acorda sem ânimo, piora durante o dia e à noite pula a academia para cair logo na cama –, aposte em alimentos que aumentam a produção de energia.

O stress não dá trégua

Nos dias em que o clima no trabalho anda tenso ou a relação com o boy não está das melhores, seu corpo produz mais cortisol – hormônio que aumenta o apetite por comidas açucaradas e gordurosas, e até pode disparar a compulsão. Vá atrás de alimentos que ajudam a relaxar.

A tristeza resolve aparecer

Mesmo nos dias em que você tem a impressão de que não deveria ter saído da cama, os alimentos podem dar um ânimo. O ideal é caprichar em opções que carregam vitaminas do complexo B, em especial a B12, e outros itens importantes para a produção dos neurotransmissores do bem-estar.

O sono não vem

Aqui, o que não comer às vezes importa mais do que o que comer. Chocolate, café, refrigerante e chá-verde, por terem substâncias excitantes, deixam você contando carneirinhos, e eles completam uma maratona na sua mente sem que você pregue o olho.

“Dietas muitos restritivas em carboidrato também favorecem noites em claro”, avisa Laís Murta. Mas existe uma lista de alimentos que dão day off para os bichinhos e garantem um bom descanso.

DEIXE UMA RESPOSTA