Ultimate magazine theme for WordPress.

Mulher sofre alergia anafilática após relação sexual com marido

0 99

Uma mulher quase morreu por conta de uma reação alérgica grave após transar com seu marido. O caso ocorreu com uma norte-americana de 46 anos, que teve uma forte alergia anafilática depois de entrar em contato com o sêmen do homem.

O episódio foi divulgado pelo periódico American Journal of Medicine, intitulado de “Quase morto por amor: um conto cauteloso”. À época, a americana deu entrada no hospital com queixas de diarreia, tontura, coceira nas mãos e pés, além de sudorese intensa.

No primeiro momento, os socorristas pensaram que ela estava prestes a morrer devido a uma sepse (infecção generalizada), principalmente por causa dos sintomas apresentados. Assim, ela foi submetida a tratamento com antibióticos e medicamentos intravenosos.

Entretanto, exames posteriores revelaram que a mulher não sofria de sepse, mas de um choque anafilático relacionado ao sêmen de seu companheiro. Dessa forma, ela precisou ficar hospitalizada por 24 horas.

O que é choque anafilático

O choque anafilático (alergia anafilática) é uma reação adversa a medicamentos, com efeitos colaterais não-intencionais e indesejados para além dos descritos na bula.

A norte-americana, que teve o anonimato preservado, tinha histórico de alergia à penicilina. Segundo os relatos, ela descobriu o problema ainda criança, mas nunca mais havia sido exposta à substância até então.

Porém, foi constatado que havia resquícios da substância no sêmen de seu marido. Isso porque ele estava tratando uma infecção bacteriana com o antibiótico chamado Nafcilina, que contém penicilina.

Prevenção

Após a normalização da pressão arterial e dos outros sintomas, a mulher recebeu alta médica para tratamento com injeções anti-alérgicas em casa. Além disso, ela também precisou se abster de relações sexuais com o marido por, pelo menos, uma semana após o término do tratamento dele.

Médicos que cuidaram do caso aproveitaram a situação para recomendar que todas as pessoas sempre tenham a máxima noção das medicações ingeridas por seus parceiros, a fim de evitar reações alérgicas graves como essa.

Caso não é isolado

O mais interessante é que esta não foi a primeira vez em que uma mulher teve de ser socorrida devido à uma reação anafilática ao sêmen. Em março deste ano, uma espanhola de 31 anos apresentou falta de ar, urticárias na pele e vômitos após engolir o sêmen de seu parceiro enquanto fazia sexo oral.

A jovem foi internada devido a reação alérgica à amoxicilina, substância presente no remédio Augmentin, que seu namorado estava fazendo uso para tratar uma infecção de ouvido. O rapaz havia tomado a medicação cerca de quatro horas antes do sexo.

Nesse contexto, o ginecologista Linderman Alves Vieira recomenda o uso de preservativo em toda e qualquer relação sexual, mesmo oral. Isso porque o contato do sêmen com a boca pode transmitir gonorreia e outras ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), além de causar reações adversas a pessoas potencialmente alérgicas.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.