Cientistas da Universidade de Washington, em Seattle, estão desenvolvendo uma pílula anticoncepcional masculina que seja tão eficaz quanto os tradicionais métodos exclusivos para os homens, como a camisinha e a vasectomia.

Segundo a pesquisa, a nova pílula, chamada de dimethandrolone undecanoate ou apenas DMAU, já passou por alguns testes e os resultados são animadores. “O DMAU é um grande passo em direção ao desenvolvimento de um anticoncepcional masculino diário”, afirmou Stephanie Page, professora de Medicina em Washington, ao The Guardian.

Cem homens de 18 a 50 anos passaram pelo experimento da pílula, que testou os efeitos de diferentes doses (100, 200 e 400 miligramas) e diversificadas formulações dentro da cápsula. Os indivíduos tiveram que tomar o contraceptivo uma vez por dia durante 28 dias com a ingestão de alimentos. Contudo, apenas 83 completaram todas as etapas do experimento.

Todos os participantes que ingeriram o placebo tiveram ganho de peso e registraram queda no nível de HDL, o colesterol bom. Porém, os pesquisadores não analisam esses efeitos colaterais como motivos de preocupação, já que as funções dos rins e do fígado registraram níveis normais.

“Esses resultados promissores são sem precedentes no desenvolvimento de um protótipo de anticoncepcional masculino”, apontou Stephanie. “Estudos de longo prazo estão em andamento para confirmar que o DMAU tomado diariamente bloqueia a produção de espermatozoides”.

O estudo quer confirmar se o medicamento não levará ao homem a perda do desejo sexual ou a fadiga, por causa da baixa no nível de testosterona que a pílula provoca.

DEIXE UMA RESPOSTA