A amamentação fortalece a imunidade da criança, reforça o vínculo com a mãe, e ajuda a desenvolver a fala, a mastigação, e a arcada dentária.

A recomendação é que a mãe amamente por seis meses? VERDADE

O mínimo é seis meses, mas não é para amamentar apenas durante esse período, explica a especialista.

— Após os seis meses, a mãe pode acrescentar papinhas salgadas, frutas, água, legumes, purê de batata, mandioquinha. Quando a criança começa a comer ela corre um maior risco de ter parasitose, e o leite materno se modificada para proteger ela dessas doenças.

A alimentação da mãe reflete no leite? MITO

Tudo que o bebê precisa vai para o leite, e se a mãe não se alimenta bem.

— Não é que o leite vai ser fraco ou não ter cálcio, o que acontece é que o cálcio da mulher vai sendo sugado e depois ela pode ter osteoporose. Então, a mulher precisa comer proteína, se hidratar, ingerir legumes e verduras, frutas, de tudo um pouco.

Cerveja e canjica aumentam a produção ou melhoram a qualidade do leite? MITO

A cerveja não, até porque é alcoólica. Mas já existem estudos sobre a canjica que mostram que ela tem uma gordura boa que favorece a produção de leite, entretanto ainda não é nada comprovado, diz Cinthia.

Existe uma posição correta que ajuda na amamentação? MITO

Cinthia explica que o importante é a forma como a boca da criança está posicionada no seio da mãe, a “pega do bebê”.

— O bebê precisa pegar com a boca toda a parte marrom do seio, a auréola, não apenas o bico. Com a pega correta a mulher pode ficar na posição em que ela e o bebê acharem mais confortável. As poltronas e almofadas ajudam bastante a mãe a se posicionar na hora da amamentação. Fica mais confortável. Sempre falo, se cabe no bolso e no quarto, não tenha dúvidas.

A chupeta e a mamadeira interferem na amamentação? VERDADE

De acordo com a médica, ambas podem confundir a criança e fazer com que ela rejeite o peito da mãe.

— Nós contraindicamos todos os vícios artificiais, porque o bebê aprende a maneira certa de sugar no bico da mãe e quando você apresenta a mamadeira e a chupeta, além de confundir a criança, ela pode rejeitar o peito, já que a força que o bebê faz para sugar o leite na mamadeira é muito menor.

Mulheres que têm silicone ou que fizeram redução da mama tem algum problema para amamentar? MITO

Quem tem dificuldade para amamentar deve conversar com o médico para ele colocar a prótese atrás do músculo. No caso da redução, quando a auréola é recortada, acaba cortando todos os “canudinhos” que levam o leite para o peito. Se o médico sabe que a mulher não amamentou, ele pode fazer cortes bem superficiais que não prejudicam a amamentação

DEIXE UMA RESPOSTA