A importância de praticar exercícios regularmente já foi mais do que comprovada, porém, ainda assim, existe uma grande parcela da sociedade que reluta contra esta necessidade, gerando uma porcentagem cada vez maior de pessoas sedentárias e com problemas físicos e psicológicos que poderiam ser facilmente evitados.

As desculpas são as mais diversas possíveis: falta de tempo, falta de companhia, falta de dinheiro para pagar academia, falta de lugar ou espaço, clima, preguiça, etc. Mas a verdade é que é mais fácil se acomodar e inventar desculpas do que fazer algo que exige esforço.

De acordo com o Nutricionista e Educador Físico Felipe Cruz, o exercício físico traz uma infinidade de benefícios e existem inúmeras formas de se exercitar e evitar que aquelas infinitas horas sentada em frente ao computador te prejudiquem no futuro, basta você fazer alguns testes e descobrir qual a ideal para você.

Algumas pessoas preferem a academia, um espaço fechado onde o personal te dá dicas e orientações. Outras gostam da natação por se sentirem livres dentro da água, e alguns gostam mesmo é da corrida!

Por permitir uma sensação de liberdade sem igual, melhorar e equilibrar aspectos físicos e da mente e por trazer benefícios que vão muito além daqueles que sempre ouvimos por ai, listamos os 10 melhores motivos que vão fazer você querer começar a correr agora mesmo!

1. Sem estresse

Sabe aquela história de que correr combate a ansiedade? Pois é verdade. Durante o exercício são estimulados novos neurônios menos responsivos ao estresse, além da produção de endorfina, substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar. Além da ansiedade, depressão e síndrome do pânico também podem ser combatidas com a corrida.

Durante a corrida, em geral o foco é a atividade que está sendo desempenhada, por isso os problemas vão sendo esquecidos e, com isso, qualquer preocupação do dia a dia fica em segundo plano.

2. A qualquer hora e lugar

Engana-se quem pensa que correr é apenas na rua ou na esteira da academia. A corrida pode ser praticada em pistas, parques, academia ou mesmo dentro de casa, se você tiver um espaço amplo e, inclusive, pode se tornar uma brincadeira entre os membros da família. Se você tem a companhia de outras pessoas, uma ajuda a outra a se motivar!

3. Casal unido

E por falar em companhia, que tal chamar seu parceiro para correr com você? Geralmente o casamento é culpado pelos quilinhos a mais, porém, estudos realizados na Universidade de Medicina da Pensilvânia (EUA) comprovaram que casaisq que se exercitam unidos emagrecem mais rápido.

Felipe explica que, pelo fato de um motivar e incentivar o outro e por criarem um hábito tanto alimentar quanto em relação à atividade física juntos, fica mais fácil para conseguir resultados expressivos.

4. Durma como um anjinho

Quem sofre com problemas de insônia também pode se beneficiar da corrida. De acordo com especialistas, uma rotina de trotes de até 30 minutos em dias alternados, ajuda a diminuir o tempo que se leva para dormir e também a melhorar a qualidade do sono. “Isto se deve pelo cansaço da musculatura que precisa ser regenerada, e o descanso se faz importante”, explica o educador físico. “Além do aumento da liberação de serotonina e GH (hormônio do crescimento), que ajudam em um sono de melhor qualidade”, finaliza.

5. Concentração

E quando se tem uma boa noite de sono, sua concentração no dia a dia também melhora. Uma pesquisa da Universidade de Illinois (EUA) provou que quando a corrida aumenta em 5% o condicionamento cardiorrespiratório, é possível ter uma melhora de até 15% nos testes mentais.

Além disso, os testes mostraram um tempo de reação menor dos participantes que corriam. Sem contar que correr na rua ou em trilhas te obriga a desviar de obstáculos, buracos, pedras, tornando-o cada vez mais ágil.

6. Postura, cartilagem e ossos mais fortes

As pessoas que têm o hábito da corrida possuem a cartilagem do joelho mais grossa e saudável do que os sedentários. Outro fator importante a se considerar é que quando se corre da maneira correta, ou seja, costas alinhadas, ombro erguido e cabeça reta, você também está cuidando da sua postura.

A atividade também fortalece os ossos mais do que outras atividades aeróbicas. Dados da National Osteoporosis Society (Reino Unido) mostram que apenas 15 min de trote leve são capazes de reduzir em 40% a probabilidade de desenvolver osteoporose.

7. Desempenho sexual

Se até agora você ainda não tinha se convencido, provavelmente este item irá. De acordo com a Universidade da Califórnia (EUA), homens que praticam atividade física regularmente têm 30% mais relações sexuais que os amigos sedentários e pessoas que correm têm o desempenho sexual de pessoas de dois a cinco anos mais novas.

8. Vida longa ao corredor!

Quem pratica uma média de 3 horas de exercícios ao ar livre por semana, tem 19% menos chance de morrer prematuramente, já que a corrida pode estender a vida do indivíduo em até seis anos, de acordo com um estudo na Dinamarca. Mais da metade da população adulta apresenta deficiência de vitamina D, então, quem corre ao ar livre pode aproveitar os horários recomendados para banho de sol, no começo da manhã (antes das 9h) ou no fim da tarde (após às 16h30).

9. Sua playlist favorita

Não há nada mais prazeroso que colocar os fones de ouvido, ligar sua playlist de músicas favoritas e empolgantes e sair por aí correndo sem se preocupar com problemas do trabalho, relacionamento e vida social. A corrida também é um momento para você se curtir e ter um tempo só. Já a música, ajuda a diminuir a percepção do cansaço e melhora o humor.

10. Imunidade lá em cima

Não é segredo que a prática de exercícios regulares, em geral, aumenta consideravelmente a imunidade do indivíduo. Sabe aquele resfriado que volta todo mês para atrapalhar seu fim de semana? Pode esquecer! Um relatório da British Journal of Sports Medicine mostrou que a frequência desses resfriados pode ser até 46% menor em quem corre. Quem sofre com asma também pode usar a corrida como aliada: começando devagar os praticantes poderão ser 18% menos propensos a sofrer infecções respiratórias.

DEIXE UMA RESPOSTA