A crise financeira é algo que vem marcando presença na vida dos brasileiros. E o momento não atinge somente o bolso; a autoestima e vida emocional também são os primeiros a sentirem o peso da instabilidade.

E um problema irá sempre alimentar o outro, já que quanto mais o equilíbrio emocional é atingido, mais difícil fica conseguir voltar ao mercado de trabalho.

Segundo o Personal e Profissional Coah pela Sociedade Brasileira de Coaching, Marcos Roberto Alves, e um dos diretores da Thutor – plataforma online de desenvolvimento pessoal e profissional -, existem algumas estratégias para lidar com o problema.

Busque seu propósito

Aproveite o tempo que você tem livre para analisar e listar tudo que lhe faz feliz e as coisas que você mais gosta de fazer. “Parece um contrassenso pensar nestes questionamentos em tempos de crise, mas um objetivo mais próximo do seu propósito de vida é, muitas vezes, mais fácil de conseguir. Quando você tem um propósito, existe um motivo real para levantar da cama e correr atrás dos seus objetivos”, relata o especialista.

Acredite

Segundo Marcos, o primeiro e mais forte pilar da Filosofia da Gestão é sempre acreditar. “Procure ver o objetivo final como possível e traçar metas factíveis para alcançá-lo”, conta.

Movimente-se

Outra forma de aproveitar o tempo livre é investir em cursos gratuitos, que tanto irão lhe ajudar a ficar ainda mais preparado para o mercado, aprimorando seus conhecimentos e currículo, como também fará com que sua cabeça permaneça ocupada.

Faça Exercícios

Praticar exercícios é uma das melhores formas de reduzir o estresse e aumentar a endorfina e autoestima. “Se exercite, cuide da sua saúde e esteja preparado para a retomada da sua carreira. E quando voltar a trabalhar, não deixe de lado a vida saudável”, aconselha o especialista.

DEIXE UMA RESPOSTA