Calcinha anti-estupro cria polêmica nas redes sociais

0
408

Com o lema “confiança e proteção podem ser vestidas”, a marca de lingeries AR Wear lançou uma novidade no mercado: uma calcinha anti-estupro. A peça, que parece um shorts de academia, promete fazer com que as mulheres sintam-se mais seguras ao sair para uma balada, andar na rua sozinhas ou até quando vão fazer algum exercício ao ar livre.

Em um vídeo, a marca explica o porquê de suas calcinhas fazerem com que as mulheres tenham mais confiança ao andar por aí. Segundo eles, a peça é extremamente confortável e, ao mesmo tempo, muito difícil para uma outra pessoa tirá-la, por conta do tecido usado e de uma espécie de esqueleto acoplados a ela.

Entretanto, apesar da AR Wear ter agradado algumas mulheres com sua invenção, outras ficaram ofendidas por não acharem que a solução para acabar com os estupros deveria partir delas.

Em um vídeo, a marca explica o porquê de suas calcinhas fazerem com que as mulheres tenham mais confiança ao andar por aí. Segundo eles, a peça é extremamente confortável e, ao mesmo tempo, muito difícil para uma outra pessoa tirá-la, por conta do tecido usado e de uma espécie de esqueleto acoplados a ela.

Entretanto, apesar da AR Wear ter agradado algumas mulheres com sua invenção, outras ficaram ofendidas por não acharem que a solução para acabar com os estupros deveria partir delas

DEIXE UMA RESPOSTA