Água com gás: amiga ou obstáculo da dieta?

0
96

O que é mais saudável: água natural ou água com gás? A primeira opção pode até parecer a melhor, já que tudo o que é “natural” costuma ser mais saudável. Mas será que a versão gaseificada realmente precisa ser excluída da sua alimentação? “De acordo com definições aplicadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a água gaseificada artificialmente é aquela que tem dióxido de carbono na composição e não pode ter a adição de outros componentes além desse’, afirma a nutricionista Cátia Medeiros.

A água com gás é menos saudável do que a água natural?

Segundo a nutróloga Tamara Mazaracki, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), a água com gás é tão saudável quanto a água natural. “Prefira sempre a versão mineral, com ou sem gás”, recomenda. A água mineral com gás é mais rica em nutrientes, como cálcio, magnésio e potássio. Quanto ao sódio, vale ficar atento aos rótulos, já que a quantidade do nutriente varia drasticamente de marca para marca.

A ingestão de água com gás deve ser controlada por:

“Pessoas portadoras de problemas como gastrites crônicas ou duodenites poderão irritar a mucosa gástrica se consumirem muita água com gás”, alerta o nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Ele sugere que você faça um teste e perceba se há alguma irritação. Mesmo sofrendo de disfunções gastrointestinais, algumas pessoas simplesmente não apresentam qualquer problema com o consumo de água com gás e outras sentem desconforto apenas se a ingestão for exagerada.

Água com gás engorda ou incha?

“A água com ou sem gás não possui calorias e, portanto, não engorda e nem incha”, aponta a nutricionista Cátia Medeiros, da clínica Atual Nutrição. Se houver ingestão excessiva da bebida, entretanto, a pessoa pode sentir algum desconforto por conta do gás ou do excesso de líquido no corpo. Ainda assim, a sensação é passageira.

A água com gás favorece o aparecimento da celulite?

De acordo com o nutrólogo Durval, a água com ou sem gás não favorece o desenvolvimento da celulite. “O que pode prejudicar a circulação e facilitar o aparecimento dos furinhos é o açúcar e o sódio”, explica. Por isso, refrigerantes devem ser evitados na dieta, pois ou possuem muito açúcar ou, no caso da versão light, muito sódio.

A água com gás hidrata tanto quanto a natural?

“Água é sempre água, portanto, o fato de conter gás não afeta a capacidade de absorção do corpo ou o seu potencial de hidratação”, afirma o nutrólogo Durval. Mesmo assim, é sempre recomendável diversificar os meios de obtenção de líquidos. O hábito de você ingerir água com gás não deve excluir sucos e alimentos fontes de água da dieta.

A água com gás tem menos nutrientes do que a água natural?

A composição da água com gás é a mesma da água natural, esclarece a nutróloga Tamara. Há diferença de nutrientes apenas entre a água mineral e a água filtrada, com ou sem gás. “A água da torneira que passa pelo filtro pode conter alguma concentração de cloro, flúor e outros aditivos, que são usados no tratamento da água”, diz. Já a água mineral engarrafada chega a ter até quatro vezes mais cálcio, magnésio e potássio. Entretanto, esses nutrientes podem ser obtidos de outras maneiras na dieta, como pela ingestão de leite.

DEIXE UMA RESPOSTA