Esse é mais um assunto que incomoda a muitas mulheres: o chamado “frizz”, ou fios arrepiados. O frizz são aqueles cabelinhos arrepiados e grossos que ficam no meio e em cima da cabeça. Este arrepiado dos fios ocorre pelo simples fato da cutícula dos fios estarem abertas, sendo que isso resulta na aparência de cada mecha com arrepiado e sem aderência. Além disso, a ausência de comprimento e nutrientes auxilia para o aspecto “frizzado”.

Os cabelos crespos, cacheados e ondulados precisam de cuidados especiais. Esse tipo de cabelo tem maiores problemas com ressecamento e por isso tem mais frizz.

Geralmente, quando o cabelo está com muito frizz, é sinal de que está desidratado. Para esses casos o problema tem solução — e a melhor delas é unanimidade entre os cabeleireiros: uma boa hidratação e cauterização.

Fatores que Contribuem para Aparecer o Frizz

Clima: quando a umidade do ar aumenta os cabelos se tornam ainda mais elétricos e arrepiados.

Chapinha: o calor da chapinha desgasta a cutícula, deixando as madeixas ressecadas e desidratadas, propiciando o aparecimento do frizz.

Química: em contato com a química, a cutícula capilar abre, surgindo o arrepiado. Se não for devidamente tratado, com o tempo, o cabelo perde queratina e quebra com facilidade, piorando a aparência e a quantidade dos fios rebeldes.

Falta de cuidado com o cabelo: escovar de qualquer jeito, usar produtos de baixa qualidade e falta de hidratação podem enfraquecer e quebrar os fios.

Dicas para Evitar o Frizz

Faça hidratação semanalmente

Cabelos hidratados dificilmente tem frizz. Quando o cabelo está em falta de óleos, água ou até queratina, o frizz aparece. Para repor todos esses nutrientes que os cabelos precisam, existe uma rotina de cuidados chamada Cronograma Capilar. No cronograma capilar, você cuida dos cabelos em etapas – hidratação, nutrição e reconstrução. A hidratação devolve água para os fios, a nutrição devolve óleos e vitaminas e a reconstrução agrega proteínas. Fazendo o tratamento com o cronograma o frizz diminui muito.

Use óleos vegetais a seu favor

Quando fizer hidratação em casa, acrescente um óleo vegetal no seu creme. Esses óleos ajudam na hidratação, nutrição e fortalecimento dos fios. Você pode usar óleo de coco, óleo de abacate, gérme de trigo, rícino e amêndoas.

Evite o uso de shampoos com sulfatos

A maioria dos shampoos são feitos de sulfactantes fortes, que são substâncias responsáveis pela limpeza dos fios e dos compostos insolúveis das máscaras, como óleos minerais. Infelizmente, os sulfatos presentes no shampoo detonam e ressecam os fios, provocando, entre muitos efeitos, o frizz. Se você lava seus cabelos com muita frequência, e observa o aparecimento do frizz, evite lavar o cabelo com shampoo tantas vezes na semana.

Experimente a técnica co-wash

A técnica para lavar os cabelos apenas com condicionador é muito bem-vinda em casos que seu cabelo está muito ressecado..

Último enxágue com água fria e, se possível, sem cloro

A água fria funciona como uma espécie de “selante” dos fios, ou seja: é muito amiga dos cabelos crespos e cacheados! Quando estiver lavando os fios, especialmente no verão, dê um último enxágue com a água fria do chuveiro. Se a água for filtrada ou mineral, melhor ainda, pois o cloro também danifica os fios.

Utilize vinagre de maçã nos cabelos

O vinagre sela as cutículas, diminuindo o frizz e deixando o cabelo mais brilhoso. Dilua 1 colher de sopa de vinagre de maçã orgânico em um copo de água, e depois que você tiver condicionado o cabelo, e enxaguado, aplique essa mistura nos fios e não enxágue.

Trate melhor os fios após a lavagem

O frizz é um fenômeno estático, e o atrito é responsável pelo aumento dos arrepiados. Uma sugestão é evite esfregar os cabelos na hora de secar com a toalha. Troque a toalha comum por tecidos de algodão, ou até papeis toalha (de cozinha mesmo). Evite desembaraçar o cabelo com os dedos, pois o cabelo em contato com as mãos forma frizz. Prefira pentes de madeira.

Use condicionador

O shampoo abre as cutículas para que os fios limpem, e o condicionador tem a função de fechar essas cutículas, evitando assim o frizz.

Use produtos anti-frizz específicos

Existem diversas pomadas, reparador de pontas, silicone e leave-in anti-frizz. Alguns reparadores, tem a função anti-frizz e podem ser aplicados a qualquer hora. O produto pode ser carregada na bolsa. Quem tem os cabelos indisciplinados sabe o poder do leave-in para controlar os fios mais rebeldes. Ele é aliado, principalmente, das cacheadas. Ele ajuda a controlar o volume, o frizz e ainda protege os fios.

DEIXE UMA RESPOSTA