Motivo de orgulho para os homens, as barbas exigem cuidados e dedicação para serem respeitadas. Confira que falhas não cometer

Um erro que pode custar seu visual.

O cuidado e a dedicação necessários para uma barba crescer da maneira desejada são cansativos, sabemos. Ainda mais naqueles dias em que a preguiça, o cansaço ou até a pressa não te permitem dar a atenção necessária aos fios – como aparar os mais rebeldes, aplicar cremes, pomadas, etc.

Esses pequenos deslizes no dia a dia aos poucos se tornam mais evidentes na aparência masculina e alguns pecados mortais – ameaça eminente ao seu estilo – se fazem notar na aparência.

Confira esses 9 pecados com as barbas que nenhum homem deve cometer se deseja manter seu estilo imaculado.

1 – Barba de bode. Popular nos anos 90 – e já lá se vão bons anos -, a barba de bode é um estilo muito chamativo que nem sempre combina com o restante do rosto de quem o usa. Melhor não arriscar.

2 – Barba desenhada. Barbas simples e bem cuidadas geralmente já são suficiente para dar aquela elegância no visual. Deixe as barbas desenhadas para os vilões de filmes e desenhos.

3 – Barba enfeitada. Alguns acessórios até podem ser bonitos – como essa coleção de jóias feita exclusivamente para as barbas -, mas também podem detonar o visual. Melhor pensar bem antes de usá-los.

4 – Barba sem bigode. Já teve aquela impressão de que tinha algumas coisa faltando ou que você esqueceu algo em casa – ou melhor, na pia do seu banheiro? É essa a sensação ao abrir mão do bigode.

5 – Barba até o pescoço. Um erro mais comum, porém que denuncia o desleixo e a falta de cuidado com a barba e que pode causar dano ao seu visual. É possível resolver isso com uma simples maquininha.

6 – Barba selvagem. Uma barba de respeito exige cuidados constantes para conferir estilo e deixá-la crescer feito grama selvagem é um descuido imperdoável. Aparar e higienizar os pelos é essencial.

7 – Barba costeleta. A menos que você seja um mutante dos quadrinhos chamado Wolverine, evite raspar o bigode e o queixo para usar a barba como uma grande costeleta. Melhor se ater ao básico.

8 – Barba Chaplin. Parte do visual do cantor e guitarrista Frank Zappa, a barba “chaplin”, em que se mantém apenas aquela parte da barba abaixo da boca, não é um estilo recomendado a todos os homens.

9 – Barba descolorida. Um fenômeno comum que atinge boa parte dos homens é ter a barba ruiva mesmo tendo os cabelos de outra cor – condição já explicada pela ciência -, mas isso já é demais. Evite.

DEIXE UMA RESPOSTA