5 erros que podem arruinar sua sobrancelha

0
232

As sobrancelhas podem parecer um detalhe no rosto, mas se elas estiverem em um formato errado podem deixar a expressão triste, séria ou até envelhecer uma pessoa! Segundo o visagista Philip Hallawell, o desenho natural das sobrancelhas é definido pelo formato do osso frontal do rosto de cada um.

Elas podem ser retas, curtas, arqueadas, caídas ou longas. Normalmente quem tem olhos amendoados tendem a ter as sobrancelhas naturalmente levantadas, já quem têm os olhos caídos costumam ter o formato de sobrancelha caído também (dando um ar de tristeza aos rosto).

Além disso, as sobrancelhas podem ser finas ou grossas, o que varia de acordo com a quantidade de pelos na região. Nas décadas de 1990 e 2000, as sobrancelhas bem finas e arqueadas eram tendência, mas isso mudou nos últimos anos, as versões mais cheias viraram sucesso. “Mais do que um momento de sobrancelhas grossas, estamos em uma fase de sobrancelhas bem delineadas, bem feitas, com o aspecto de bem cuidada, como se fossem feitas toda semana”, revela a visagista Cibelie Trindade, de São Paulo. Se antes as mulheres pecavam por tirar pelos demais, hoje, a moda é preencher a região com maquiagem ou micropigmentação.

Mas as sobrancelhas finas ainda têm vez, o mais importante é identificar o seu desenho natural e formato de olhos e rosto para definir o que fica mais harmônico para você. Com o cabelo bem preso para trás e o rosto limpo analise sua sobrancelha no espelho. Elas dão a impressão de que você está franzindo a testa ou de que seus olhos estão tristes? Ou ainda elas fazem você parecer que está com ar de surpresa ou de seriedade? Se tiver dificuldades para notar essas sutilezas no desenho das sobrancelhas, vá à um designer de sobrancelhas para ajudá-la.

Esquecer-se de cortar e pentear antes os pelos

O primeiro passo é pentear os fios e cortar os excessos (com uma pequena tesoura própria para isso). É comum deixar os pelos do começo das sobrancelhas um pouco mais curtos, por isso, penteie essa área para cima, com uma escovinha de sobrancelhas ou até escova de dente nova (que você pode usar só para isso) e corte os fios mais longos. A partir do meio até o fim os fios são penteados para o lado, mas você também pode cortar alguns pelos longos demais nesse trecho.

Não traçar limites

Um erro muito comum é pegar a pinça e ir tirando os pelos, sem planejar ou desenhar um limites antes. Depois de cortar e pentear os pelos, o ideal é pegar um lápis branco (usado para maquiagem) e traçar os limites da sobrancelha para não tirar pelos demais, desenhar o formato que você deseja. “A nossa tendência é pensar ‘vou limpar só mais um pouquinho’ e aí, você acaba com o desenho de sua sobrancelha”, conta a consultora de beleza e estilo Debora Apelle.

Abrir mão do espelho com lente de aumento

Como enxergar aqueles pelos fininhos que crescem fora do lugar sem esse instrumento de ouro? Se você ainda não tem e depila a sobrancelha em casa, vale investir! Melhor ainda é estar em um local bem iluminado e ir conferindo o resultado com um espelho tradicional.

Errar no método de depilação

Linha, mola, cera (quente ou fria) ou pinça? Não tem um método certo, cada mulher pode adaptar-se melhor com um. Normalmente, a pinça é uma ótima ferramenta para depilar a região em casa, já que é mais fácil de controlar o desenho com ela. Mas isso não é uma regra. Muitas mulheres não abrem mão da praticidade da cera ou da linha (foto), especialmente se suas sobrancelhas são grossas.

Criar buracos

Outro erro comum é tirar alguns pelinhos a mais e criar uma falha. Para evitar esse equívoco, vá tirando os pelos um a um ou em um grupo pequeno nas áreas mais delicadas. Mas se mesmo assim isso acontecer, não se apavore! Basta passar uma sombra com pincel para cobrir essas falhas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA